• 17.12.2015 - 15:51 -
  • Copa SP Light completa temporada 2015
  • Última etapa foi disputada no sábado

  • Copa São Paulo Light RBC. (Foto: Flavio Quick)

    Copa São Paulo Light RBC. (Foto: Flavio Quick)

    A temporada 2015 da Copa São Paulo Light RBC chegou ao fim no último sábado, dia 12/12, com a décima rodada do ano no Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri. Uma rodada tripla que definiu os campeões deste ano no regional.

    Abrindo a programação, a categoria Cadete teve como grande vencedor do dia o piloto o piloto Nicolas Fabris, de Itu. Para atingir a conquista da etapa ele somou um primeiro, um segundo e um terceiro lugares. João Victor Camargo chegou na segunda posição e José Augusto foi o terceiro.

    Pela Júnior Menor o nome do dia foi o de Diego Ramos. Sem tomar conhecimento dos adversários ele venceu as três corridas e somou a pontuação máxima da etapa. Matheus Morgatto ficou com a segunda posição e Enrico de Lucca, o terceiro lugar.

    Na divisão Júnior as disputas foram intensas, mas, assim como na maioria do campeonato o dia foi dominado por Marcel Coletta. O piloto venceu as três corrida e garantiu a vitória na etapa e o título. A segunda posição nesta etapa ficou com Caio Collet e, o terceiro lugar, com Guilherme Peixoto.

    Encerrando as disputas da manhã a categoria Sprinter trouxe o mineiro Lucas Grosskopf na pole-position. Na primeira bateria ele foi imbatível e venceu sem maiores problemas. Nas outras duas corridas, porém, não teve a mesma sorte e, com isso, viu a vitória na etapa ficar com Enzo Prando, seguido por Guido Cota e Ricardo Pinheiro.

    Na parte da tarde, a primeira categoria a entrar na pista foi a Graduado que trouxe uma disputa emocionante entre dois dos pilotos mais velozes da atualidade. André Nicastro e Olin Galli deram um verdadeiro espetáculo na pista numa briga em que não faltaram ultrapassagens, toques e muita competitividade. Nicastro acabou levando a melhor ficando com a vitória da rodada e, também do Campeonato. No dia a segunda posição ficou com Olin Galli e, o terceiro lugar, com Alain Sisdelli.

    Na sequência, a Super Sênior reuniu um grid com oito competidores, porém, dentre eles, vários pilotos muito experientes e com vários títulos em seu currículo. Christiano Matheis conseguiu dosar velocidade e muita constância para ficar com o lugar mais alto do pódio da etapa. O piloto registrou a pole position e venceu a primeira prova. Porém, Ricardo Thomazi, venceu a segunda e a terceira corridas. Matheis, por sua vez, com um segundo e um terceiro nas provas vencidas por Ricardo, somou mais pontos e venceu. Ricardo foi o segundo, com a mesma pontuação e Maique Paparelli, o terceiro.

    Na Sênior “A” a pole-position foi de Alain Sisdelli que, competindo em duas categorias, mostrou grande força e preparo físico. Mas, não o suficiente para conseguir vencer. Quem chegou na frente em duas corridas e somou mais pontos no dia foi Danilo Ramalho. Hernandes Onassis venceu a outra corrida e, com um segundo e um terceiro lugares foi ao pódio na segunda posição. Sisdelli foi o terceiro da rodada. Pela Sênior “B” Paulo Lopes venceu com Patrick Sargo em segundo e Luiz Salau, na terceira posição.

    Encerrando o dia os karts da F4 tomaram a pista com seus motores Honda. Mesmo sem vencer nenhuma corrida a regularidade levou Rodrigo Azanello ao lugar mais alto do pódio. Ele somou três segundos lugares e ficou com a vitória na etapa. Marcos Borges com duas vitórias e um abandono ficou em segundo e Felipe Gama foi o terceiro colocado.

    GP RBC

    Junto à programação do Light, foi realizado o GP RBC de Kart 2015. Tendo como classificatórias as últimas cinco corridas do ano, realizadas nas provas de novembro e dezembro do regional, a competição classificou quase uma centena de pilotos e distribuiu prêmios.

    Cabe ressaltar que na categoria Graduado, que teve como campeão André Nicastro, o prêmio foi direcionado ao quinto colocado, Giuliano Forcolim, uma vez que por determinação da equipe Cesário F3, que oferece o prêmio, somente podem ser premiados pilotos com até 18 anos, que nunca tenham competido nesta modalidade.

    Confira abaixo os três primeiros de cada categoria e os respectivos prêmios:

    Cadete – Um motor Honda GX160
    1) Nicolas Fabris, 36
    2) João Victor Camargo, 35
    3) Rafael Câmara, 31

    Júnior Menor – Um chassis Techspeed
    1) Matheus Morgatto, 36
    2) Enrico de Lucca, 33
    3) Diego Ramos, 33

    Júnior – Um chassis Mini
    1) Marcel Colleta, 44
    2) Guilherme Peixoto, 31
    3) Victor Schoma, 30

    Sprinter – Isenção de inscrição e aluguel de motor para o Light 2016
    1) Enzo Prando, 42
    2) Guido Cotta, 37
    3) Lucas Grosskopf, 35

    Graduado – Um dia de treino de F3 Light
    1) André Nicastro, 38
    2) Olin Galli, 38
    3) Fernando Oizumi, 31

    Sênior – Isenção de inscrição e aluguel de motor para o Light 2016
    1) Danillo Ramalho, 40
    2) Hernandes Onassis, 39
    3) Alain Sisdeli, 37

    Super Sênior – Um chassis Bravar (Birel Sudam)
    1) Maique Papareli, 39
    2) Ricardo Thomazi, 38
    3) Christiano Mattheis, 37

    F4
    1) Marcus Borges, 44
    2) Rodrigo Anzanello, 27
    3) Felipe Gama, 18

  • Autor:
  • Ricardo Belussi - SÃO PAULO - SP

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>